Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
Atibaia
CÂMARA MUNICIPAL DE ATIBAIA
  • Sebastião Batista Machado - PSL
  • Vereadores
    LEGISLATURA 2017-2020
    Presidente Atual
    Sebastião Batista Machado
Próxima Sessão

12ª Sessão Ordinária

23/04/2019 18:00 h

Data: 12/04/2019 Hora: 00:00:00
Como novo presidente da Comissão de Saúde da Câmara, Dr. Ubiratan garante maior fiscalização das ações da Prefeitura na saúde pública municipal
Vereador também abordou o aumento do índice de pessoas com vômito e diarreia em Atibaia
Webline Sistemas

O vereador Dr. Ubiratan Fernandes de Oliveira (PV) falou em Tema livre na sessão ordinária desta terça-feira (9 de abril) sobre assuntos relacionados à saúde pública de Atibaia.


Agora que serei o presidente da Comissão de Saúde da Câmara, quero marcar uma reunião com os demais membros para discutirmos e encaminharmos à Prefeitura uma lista de demandas referentes ao assunto que, sem dúvida, são de interesse de toda a população”, afirmou. Segundo o vereador, a fiscalização da atuação da Vigilância Sanitária e a transparência na apresentação de projetos de construção de unidades de postos de saúde estão entre suas principais futuras iniciativas.


Há uma indicação do vereador Ademilson Militão encaminhada nesta semana à Prefeitura pedindo a transferência da UBS do bairro do Rosário para o prédio de uma escola, porém uma mudança como esta necessita de um projeto aprovado pela vigilância sanitária e uma inscrição no Ministério da Saúde. Portanto, solicitarei ao Poder Público que apresente detalhadamente todos os seus projetos de implantação das novas unidades de saúde em Atibaia, pois, em casos como este, é necessária uma completa reforma para que um edifício contemple todos os requisitos básicos para o atendimento à saúde da população”, atestou.


Dr. Ubiratan também discorreu sobre o aumento do índice de diarreia no município, principalmente entre os estudantes. “Diariamente nós, médicos, somos surpreendidos com um número altíssimo de pessoas que vão aos hospitais por apresentarem vômito e diarreia. Houve um aumento realmente preocupante de doentes que apresentaram estes sintomas. Precisamos também fazer urgentemente um levantamento para descobrir onde está o foco e o porquê do crescimento desse índice”, concluiu.



Reportar erro

Data: 12-04-2019 00:00:00