Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
Atibaia
CÂMARA MUNICIPAL DE ATIBAIA
  • Lucas de Oliveira Cardoso  - PODEMOS
  • Vereadores
    LEGISLATURA 2017-2020
    Presidente Atual
    Lucas de Oliveira Cardoso
Próxima Sessão

Sessão Ordinária
09/06/2020 às 18h


Exposição virtual da Semana André Carneiro – XI
Foto:reprodução de obra
O artista explorou o modernismo do desenho à construção civil.

A exposição modernista realizada em Atibaia há 70 anos foi revolucionária para os padrões da época, como destacou Marcio Zago, o organizador da Semana André Carneiro, que neste ano teve sua 7ª edição. Neste capítulo, vamos falar de Flávio de Carvalho, cuja obra reproduzida aqui é Retrato de Wanda Joyce, lápis sobre papel, de 1943.

     Flávio Resende de Carvalho foi pintor, desenhista, arquiteto, cenógrafo, decorador, escritor, teatrólogo e engenheiro, atuando em todas as áreas de forma inovadora e provocativa. Em 1931, realizou o polêmico evento Experiência nº 2, em que caminhou com boné na cabeça, de forma desafiadora, em sentido contrário ao de uma procissão de Corpus Christi e foi bastante hostilizado.

     Em 1932, abriu um ateliê, onde fundou o Clube dos Artistas Modernos - CAM, com Antônio Gomide, Di Cavalcanti e Carlos Prado. No ano seguinte, criou o Teatro da Experiência e encenou o Bailado do Deus Morto - espetáculo de teatro-dança de sua autoria, com estética inovadora, para o qual criou cenografia e figurino.

     Realizou em 1934 sua primeira exposição individual. A mostra foi fechada pela polícia sob alegação de atentado ao pudor e reaberta alguns dias depois por ordem judicial. Em 1947, realizou os desenhos da Série Trágica, em que registrou a morte da própria mãe. Em 1956, lançou o famoso traje de verão - o New Look, especialmente concebido para o homem dos trópicos, com o qual passeou pelas ruas de São Paulo, chocando a multidão.

     A moda proposta era composta por blusa de manga curta e folgada, saiote, chapéu de abas largas, todos feitos com tecidos leves, sandálias e meia arrastão. O desfile com o traje foi para o artista mais uma experiência, com a finalidade de levar à reflexão sobre as convenções sociais.

     Engenheiro civil formado, apenas dois de seus projetos foram concretizados: o conjunto de casas da alameda Lorena (1936/1938) e a fazenda Capuava (1939), ambos precursores da arquitetura moderna no Brasil. A casa da fazenda é a que melhor sintetiza suas ideias de arquitetura.

     Em 1958, Dulce Carneiro realizou a foto que seria capa da revista Casa e Jardim do mesmo ano. Nela, o modernista Flávio de Carvalho pousou defronte à monumental fachada da Casa Modernista, projetada por ele e construída na fazenda Capuava, em Valinhos.